21 de março de 2012

DICAS PARA CONCURSOS


      O concurso público é a forma mais democrática de ingresso no serviço público. Após a nova redação dada pela Assembleia Constituinte de 1988 sobre o assunto, o concurso público estendeu a qualquer pessoa, que se enquadre na lei (edital), a possibilidade de acesso a cargos que antes eram restritos a alguns grupos sociais.
      É também através de concurso que ocorrem a maioria das seleções para Faculdades e Universidades públicas, escolas públicas de ensino médio e técnico e escolas e academias militares.
      Não por acaso, a procura por cursos preparatórios e aulas especializadas tem aumentado exponencialmente nos últimos anos. Milhares de jovens e adultos perseguem o sucesso através desses exames, fato que fomenta um mercado lucrativo e, por vezes, desleal.
      Entretanto, esse sucesso não deve estar necessariamente vinculado à matrícula do candidato em cursos preparatórios. É possível obter êxito com estudo constante e disciplina.
      Após alguns anos de estudo, aprovações e classificações em diversos concursos, tais como: Colégio Naval, CEFET, EsPCEx, CVM, PRF, ELETROBRÁS, Magistério Estadual (2007), Magistério Estadual (2008), Magistério Municipal (Rio de Janeiro), Magistério Municipal (Itaguaí), Mestrado Profissional em Matemática, CEDERJ, entre outras aprovações, e também a experiência adquirida como professor de preparatórios, visualizo no candidato preparado quatro características fundamentais: PERSEVERANÇA, DISCIPLINA, OBSTINAÇÃO E BOM-SENSO.
      Já dizia um dos grandes professores que tive a sorte de conhecer na minha trajetória: "Não se estuda para passar em um concurso, mas até passar em um concurso".
      De fato a lógica aponta para uma preparação continuada e consistente. Sacrifícios desesperados e desorientados, geralmente resultam em estafa e perda de tempo.
      Eis algumas dicas e sugestões para quem pretende se preparar para concursos:
1°) É preciso fazer escolhas. Concursos de maior complexidade e concorrência, principalmente, exigem um preparo intenso e dedicação exclusiva.
2º) Um curso preparatório ajuda muito, mas não é condição para o sucesso.
3º) Elabore um horário de estudos realizável. Seja coerente com sua realidade e cumpra o horário!
4º) O primeiro material a ser estudado é o edital do concurso. Leia com atenção! O edital conduzirá seus estudos.
5º) Antes de começar o conteúdo programático, estude a banca examinadora. Os últimos exames são valiosos para orientar sua preparação. Um assunto pode ser abordado de diversas maneiras diferentes. Essa análise reduz as possibilidades e focaliza seu preparo.
6º) Estude TODO o conteúdo programático. "Buracos" podem acarretar a perda de questões na prova. Lembre-se: uma questão pode representar sua aprovação ou classificação.
7º) O dia D (dia do exame) é fundamental. Eu diria que 50% do sucesso em um concurso podem ser atribuídos ao dia da prova. Cuidados com o transporte, alimentação e horário são importantes e podem significar uma prova mais tranquila ou mais atribulada.
8º) Exames objetivos que se utilizam de cartão-resposta exigem atenção redobrada. Separe 15 minutos para o cartão antes de 1 hora para o término da prova, caso não tenha terminado todo o certame. Essa uma hora servirá para leitura das questões pendentes com mais tranquilidade após marcação das questões já conferidas.
9º) Estude para ser o primeiro colocado! Você provavelmente falhará, mas ainda assim estará classificado.
10º) Tenha confiança no seu potencial, mas nunca deixe de lado a humildade. Ambas as características são inerentes a um bom candidato. "A confiança não te deixa desistir e a humildade não te deixar estagnar."
Bons estudos e sucesso!